No dia 21 de março, lideranças comunitárias de Paraisópolis fizeram um chamado para recrutar voluntários, que se tornaram “presidentes de rua” ou “brigadistas” (reunidos na foto acima). A convocação está publicada na página do Facebook da comunidade. Desde então, a comunidade criou casas de acolhimento, comprou ambulâncias e promoveu protestos denunciando a falta de apoio do governo do Estado. Veja aqui a Carta Aberta encaminhada às autoridades estaduais.

informação
Periferia em Foco

O Periferia em Foco, coletivo de comunicação popular, com foco nas Periferias da Grande Belém do Pará, promoveu lives para

Leia mais »
periferias
Favela sem Corona

Favela Sem Corona é uma iniciativa de compra e distribuição gratuita de testes rápidos de COVID-19 e equipamentos de proteção

Leia mais »