Parte importante das ações da sociedade civil contra a pandemia estão sendo realizadas de forma virtual, impulsionadas pela necessidade de isolamento e de distanciamento. Organizações e indivíduos passaram a usar mais e melhor as ferramentas digitais para o ativismo. Seguem abaixo alguns exemplos de ativismo digital contra a pandemia e a favor da vida. Vejam também os Relatórios de Pesquisa do Repositório sobre o tema.

systemuploadsnews324464aac8cac10a311-700x460xfit-570bd

“Nós, mulheres, estamos na linha de frente do combate à pandemia da Covid-19 no Brasil, somos a maioria nos hospitais, em casa e em nossas comunidades. Somos nós que estamos gerindo a vida, protegendo, alimentando, cuidando e curando, enquanto o desgoverno genocida contamina, abandona, violenta, mata, permite que matem e deixa morrer milhões de pessoas. Somos nós, as mulheres, majoritariamente negras, que assumimos a responsabilidade social, afetiva e profissional do cuidado e também a responsabilidade política da luta e da denúncia, da defesa de direitos e da democracia.” Baixe o documento completo aqui.

Mulheres em luta contra o desgoverno genocida
3

Conversa com Marcivan Barreto, presidente estadual da CUFA – Central Única das Favelas, Anabela Gonçalves, presidente da Associação Cultura Bloco do Beco e Wagner Silva (Guiné), coordenador da estratégia de Fomento da Fundação Tide Setubal no dia 27 de julho.

Tema: organizações sociais e comunitárias no enfrentamento dos efeitos da pandemia. Acesse aqui o vídeo da live.

Organizações sociais e comunitárias no enfrentamento dos efeitos do COVID-19
3

Carta de movimentos sociais, organizações não governamentais, grupos de pesquisa de várias universidades e cidadãos preocupados com o combate ineficaz à pandemia de Covid-19 no Brasil. A Coalizão pela Vida tem como objetivo sensibilizar a sociedade e o poder público sobre a necessidade urgente de priorizarmos a prevenção no enfrentamento da doença. Acesse aqui.

Apelo público da Coalizão pela Vida ao prefeito de SP
2-1024x285

“As vacinas contra a Covid-19 nos trazem esperança, mas há um grande desafio pra que elas cheguem a todas as pessoas. O Congresso Nacional precisa agir rápido para proteger a população. A pandemia já matou mais de 200 mil pessoas e seus efeitos vão se estender por muito tempo. Problemas de saúde, desemprego, miséria e o desespero crescem, principalmente entre a população negra, indígena e a mais pobre. Muitas famílias não têm mais o que comer. Por isso, o Congresso Nacional precisa aprovar o Piso Emergencial no Orçamento 2021, que vai garantir recursos para que a saúde, assistência social, educação e segurança alimentar neste ano de pandemia”. Acesse aqui.

#OrçamentoPelaVida
mudar-o-jogo-pra-vencer-a-covid_tweet

Campanha está organizada em torno a uma “corrente do bem” nas plataformas digitais. A ideia é que cada influenciador(a) marque dois perfis com os quais tenha afinidade, utilizando as hashtags #MudarOJogo e #Agenda2030paraVencerACovid. A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável refere-se a um plano de ação, negociado no âmbito das Nações Unidas, que coloca a erradicação da pobreza e a redução das desigualdades como desafios globais e requisitos indispensáveis para o desenvolvimento sustentável.

O Brasil e outros 192 países que integram a Organização das Nações Unidas (ONU) se comprometeram a implementar a Agenda 2030. A iniciativa desta Campanha é do Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 (GT Agenda 2030).

Campanha Mudar o Jogo para Vencer a COVID-19
image-1

Um coletivo de voluntários e voluntárias criou a plataforma https://www.vacinadxs.com/, com o intuito de ajudar a campanha pela vacinação. Em vídeos curtos, pessoas que já foram imunizadas fazem um relato da sua experiência. Como dizem os próprios organizadores, “Com narrativas espontâneas e autênticas, queremos celebrar o início da imunização e ampliar as informações para todos aqueles que se vêem inseguros ou ansiosos em relação aos efeitos das vacinas”. São indivíduos de vários lugares do país, que tomaram os diferentes tipos de vacinas e fazem um apelo para que todo mundo se proteja.

Depoimentos de Vacinados

Os trabalhadores de serviço de entrega dos aplicativas fizeram uma paralisação nacional no dia 1º de Julho de 2020 no Brasil. O material de chamada para participação da paralisação, tanto dos entregadores como dos usuários dos aplicativos de entrega, está sendo publicado nas contas do Twitter e Facebook do “Treta No Trampo“.

Paralisação Nacional dos Entregadores de Aplicativo
aaaa

O coronavírus tem efeitos ainda mais devastadores nas comunidades quilombolas, onde faltam serviços de saúde e a letalidade está alta. Para falar sobre isso a secretária-executiva da CONAQ, Selma Dealdiana e a jurista, Deborah Duprat abordam o tema no canal do Youtube da Oxfam Brasil. Mais informações no link.

Como o Coronavírus impacta a vida das trabalhadoras e dos trabalhadores da periferia
Capturar

O Observatório do Marajó trabalha para construir tecnologias sociais que sirvam à população, sobretudo à população marajoara, para pautar a agenda pública e os processos políticos a partir do conhecimento e da informação. O Observatório lançou uma iniciativa para trazer dados sobre o contexto social da região e de cada um dos municípios, intitulada Cadernos do Marajó, Edição Especial – 40 dias de Marajó com Coronavírus. O Caderno e demais informações podem ser acessadas pelo link.

Observatório do Marajó
image-7

Em tempos de pandemia, as novas tecnologias digitais estão sendo usadas intensamente por coletivos de comunicação e por outras organizações das periferias, para apresentar demandas, divulgar opiniões, trocar ideias. É possível acessar as várias entrevistas, lives e podcasts que vêm sendo feitos pelos próprios ativistas. Vejam, por exemplo:

Entrevista com Preto Zezé, Presidente Nacional da Central Única das Favelas.

Vídeos que falam sobre a experiência de Paraisópolis (SP), aqui e aqui.

Podcast “Quarentena“, da Agência Mural de Jornalismo das Periferias e Podcast Lugar de Quarentena, do coletivo de comunicação ARQUEPerifa.

Roda de Conversa da Rádio Ação Paramita, “Favela, Autoorganização e Covid-19“.

Thiago Vinícius, da Agência Popular Solano Trindade, coletivo localizado na periferia do Campo Limpo (Zona Sul de SP), Roberta Rodrigues (Vidigal, Rio de Janeiro), Max Maciel (Projeto Ruas, Ceilândia, DF), Neila Gomes (Movimento pela Moradia, Belém), entre outros, são entrevistados sobre sua atuação contra a pandemia.

Nós por Nós Mesmos: Ativistas das Periferias Falam sobre suas Ações
llllll

O site change.org está com várias petições e campanhas online criadas como forma de mobilização para exigir medidas rápidas e de assistência por parte das autoridades. Elas são de temas diversos, como cancelamento de aulas, adiamento de eventos e suspensão temporária do pagamento de tributos. Para conhecer algumas das petições clique aqui, assine e compartilhe!

Petições #LuteEmCasa contra o coronavírus

Foi lançada uma campanha digital, que utiliza as hashtags #AdiaEnem e #AdiaEnem2020, pelo adiamento da realização das provas.

A Favor do Adiamento do ENEM
image-3

Há vários relatos sobre o aumento da violência doméstica contra mulheres em contexto de isolamento social. Muitos grupos e coletivos estão fazendo vídeos sem som – para proteger as mulheres que o acessam – nas quais as participantes portam cartazes com informações sobre onde conseguir ajuda, assim como mensagens de solidariedade. Vejam, por exemplo, a página do Instagram do MOVIElas.

Contra a Violência de Gênero
bbbbbb

A Rede de Proteção e Resistência ao Genocídio criou a campanha “Fala Quebrada”, na qual, por meio de um formulário on-line, é possível denunciar ações de violações de direitos durante a pandemia. No formulário, é possível identificar quem praticou a ação, inserir imagens e geolocalização.

Contra a Violência Policial
image

O Voz das Comunidades, jornal criado por moradores do Complexo do Alemão (RJ) em 2005, lançou um aplicativo para celulares, cujo objetivo é “combater a desinformação sobre a COVID-19”. “Identificando a necessidade por parte de moradores de comunidades cariocas de fontes confiáveis de informação em meio à pandemia da Covid-19, o Voz das Comunidades lança hoje (11) um aplicativo inteiramente voltado para veiculação de notícias sobre o novo coronavírus”. Veja mais informações no site do jornal.

App Contra a Desinformação

No dia 07 de maio de 2020 a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) realizou a Marcha Virtual pela Ciência.

Durante todo o dia foram transmitidas atividades pelas mídias sociais, com o objetivo de chamar atenção para a importância da ciência no enfrentamento à COVID-19. A Universidade de Brasília, assim como outras universidades e centros de pesquisa, se somou a esta iniciativa. O vídeo da chamada pode ser visualizado acima.

Marcha pela Ciência 2020
desqueEI-15052020-780x405

Em tempos de isolamento social, velhas formas de protesto são recuperadas (como os panelaços) e práticas de ativismo digital são intensificadas. Já observamos a multiplicação de abaixo-assinados eletrônicos e de vaquinhas eletrônicas, assim como o uso de lives e podcasts para disseminar informação e de hashtags para criar redes de discussão e de solidariedade. Alguns exemplos de hashtags são:

  • #CoronaNasPeriferias
  • #COVID19NasFavelas
  • #CUFAcontraovirus
  • #Favelacontravirus
  • #PagaLogoBolsonaro
  • #CoronNasPerifas
  • #Covid19nasPeriferias
  • #CovidNasFavelas
  • #Covid19PeriferiasBelem
  • #covid19nafaveladoaço
  • #JacarezinhoContraOCoronavirus
  • #DiarioDeUmFaveladoNaPandemia
  • #CoronaNasPeriferiasEFavelas
  • #FiqueEmCasa
  • #maesdafavela
Protestos online
download

Muitas organizações estão mostrando, em tempo real, as ações de solidariedade relacionadas à pandemia, por meio de lives em páginas do Facebook e Instagram. Veja, por exemplo, a live do dia 1 de maio, gravada na Associação de Moradores de Peixinhos (PE), que divulga a ação conjunta de ativistas do MST, de sindicatos e associações de moradores para a distribuição de alimentos, na página do Facebook da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias.

“Lives” permitem ver ações de solidariedade em tempo real
WhatsAppImage2020-03-25at13.11.33

Em tempos de pandemia, o Congresso Nacional passou a utilizar de forma ainda mais intensa as tecnologias digitais. Uma colaboração entre a Frente Parlamentar em Defesa da Democracia e dos Direitos Humanos (FDDDH) e dezenas de organizações da sociedade civil levou à assinatura de uma carta que pede “postura de transparência ativa da Câmara dos Deputados e do Senado Federal na ampla divulgação de seus atos e deliberações”. 

Manifesto pela Transparência da Atuação Digital no Congresso Nacional
image-5

Também houve uma multiplicação das chamadas “vaquinhas eletrônicas”, para arrecadar fundos para comprar mantimentos e material de limpeza para as comunidades mais pobres. Nas plataformas de crowdfunding Benfeitoria.com e Apoia.se é possível acessar várias dessas iniciativas. Tem também a página https://combatecovid.org/, cujo objetivo é arrecadar doações e dar visibilidade aos hospitais filantrópicos e organizações sociais que estejam no combate à COVID-19 no Brasil.

Campanhas por Ajuda Financeira
Matchfunding enfrente

O Fundo Colaborativo Enfrente é uma iniciativa da Fundação Tide Setubal e de outros parceiros que busca complementar iniciativas de financiamento coletivo para o enfrentamento da pandemia nas periferias brasileiras. No site, há informações sobre projetos em várias cidades brasileiras.

A ideia é criar um sistema de “matchfunding”, em que recursos coletados em campanhas de doação sejam complementados por parceiros.

Matchfunding Enfrente